quinta-feira, 3 de abril de 2014

Bem Vindo ao Eterno Mundo da Escuridão

Nós existimos.
Muitos acreditam que somos apenas um mito, mas estão enganados. Outros acreditam que somos meio
-humanos.
Que bobagem, nada temos de humanidade, a não ser por sua aparência, qual utilizamos emprestada para que possamos viver entre estes seres tão inferiores sem que notem nossa presença, forçando-nos a acabar com sua desnecessária espécie. Somos uma raça muito superior, uma evolução longe da imaginação de qualquer homo-sapiens, pois todos os homens negam-se a acreditar que no planeta em que vivem haja forma de vida superior à sua própria. Somos uma espécie que sobreviveu e sempre sobreviverá ao caos do tempo, uma espécie acima das simples regras impostas aos homens, uma espécie como muitas outras que estão ocultas nas sombras da humanidade, uma gigantesca sociedade vivendo nas sombras da sociedade humana sem que esta nos perceba.
E mais que isso, muitas são às vezes em que garantimos a preservação de sua medíocre espécie, simplesmente porque esta é uma de nossas metas, simplesmente porque nossa função principal neste mundo é garantir a continuação da vida, a continuação de tudo o que Gaia
 – a Natureza
– nossa Deusa e mãe criou e esta espécie tão inútil faz parte dela.
       Os homens que já ouviram falar de nós e sobreviveram um pouco mais para poder falar, nos chamaram de bestas, de demônios, de monstros. Mas qual de nós já causou tanta destruição quanto o próprio ser humano? Nós amamos tudo o que a Deusa criou e vivemos em prol dela e lhe somos gratos por tudo o que temos e tudo o que somos. Quantos são os homens que partilham deste mesmo sentimento? Quantos são os homens que reconhecem a generosidade e a benevolência de nossa Mãe Natureza para conosco, todas as criaturas viventes? Não somos monstros, não somos humanos, não somos juízes. Somos apenas soldados. Somos apenas uma espécie que deseja viver em paz com todas as outras coisas que nos cercam. Em tempo integral. Não somos responsáveis pelas guerras, muito pelo contrário, muitas vezes somos responsáveis pelo fim delas. Somos infinitamente poderosos, sabemos quais são nossas obrigações e nosso lugar na cadeia evolucionaria. Somos majestosos e nos orgulhamos de cada pêlo em nosso corpo. Estamos em toda parte, à espreita do inimigo, sempre prontos para lutar pela justiça e pelas regras que a Deusa necessita que sejam cumpridas. Somos seres da noite e do dia também. Vigiamos a história pela luz e combatemos na escuridão. Nunca somos derrotados, não admitimos a derrota em qualquer hipótese. Você pode não acreditar, mas nós estamos do seu lado.
Nós somos lobisomens.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Autor: webnote

7 comentários:

Leondres Martins disse...

voce é um lobisomem ou um vampiro

Anônimo disse...

como podemos sabe que vocês existem??

Historia de vampiros disse...

Não pague pra ver.. alguns "não querem o mal", só necessitam de alimento, não querem magoar, mas sua natureza e ser interior os forçam a fazer atrocidades.. acredite ou não, estão por ai...

Anônimo disse...

Bom,eu sei o que passam pelas cabeças dos humanos,nós só queremos paz, vampiros e lobisomens,vai ser ainda melhor se ninguém acreditar na nossa existência,se não isso provocará uma guerra entre humanos e vampiros e lobisomens,nós vampiros iremos estar do lado dos lobisomens,é mentira a historia de vampiros não gostarem de lobisomens,é completamente a o contrario,nós nôs ajudamos,mantemos a força para não acabar com a raça da humanidade! Sou um Vampiro de verdade,não sei porque eu estou assumindo isso,sou moderador do chat sou o Alec Daniel,pelo menos no chat meu nome é assim,não posso revelar meu nome,já vai ser muita informação

: disse...

quero me tornar um pq n me importo com a morte e nem com a dor ou sofrimento

Sula disse...

Eu quero ser vampira,adoro a noite,não me importo com a solidão ,sou sozinha,me transforme se vc realmente existe !!!!!

Anônimo disse...

Seres majestosos? Não me façam rir. Seres materiais nunca serão majestosos. Vampiros, lobisomens e outros seres da escuridão utilizam argumentos ridículos para se afirmarem como superiores. Os pobres humanos ainda acreditam. Mas afirmo a todos, não são. Venho de longe, das estrelas, vi e vejo coisas que jamais imaginariam, pois estão presos aqui, limitados na carne, neste planeta. Sou um sentinela. Quem puder compreender, compreenda. Estou passando na matéria para tratar com este plano. Mas brevemente retornarei às estrelas, encontrar a Luz para a qual fui criado.