quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Ser ou não Ser-Despertar




Muitas pessoas perguntam: “Eu sou um vampiro (a) ?” – “Como posso me tornar?”
Isso não sou eu que vou dizer a você, e nem outra pessoa...pode até ser dito...mas você vai aceitar? Vai superar a estabilidade permanente?

O Despertar é uma condição individual. O fato de “como posso ser?” não é a questão. A questão correta é “o que eu sou?” . “Como posso superar este estado dormente?”.

E este não é igual a todos. Para mim foi e é diferente de todos. Claro que existem algumas semelhanças. Mas não é pelas semelhanças que podemos caracterizar etapas sustentáveis. Alguém pode ter relances do Despertar vendo uma paisagem, outras em sonhos, meditações, rituais, em algum tipo de arte praticada, pelo luar, através de sinais Noturnos...enfim são muitos os caminhos até que se chegue aos fatos similares do Despertar.

Logo para Despertar não existe formula. Mas sim meios que podem auxiliar a instigar, atiçar o seu Interior.  Exemplo disto são os rituais disponíveis aqui no site. As meditações e ritos aqui apresentados foram ferramentas fundamentais para alguns.

Pois em uma vida onde nada atiça o interesse do seu Interior, não há como... ainda junte uma não-vontade para deixar esta vida mais parada e vulnerável. Mas agora veja outro quadro, uma vida parada, por vezes estagnada, mas há uma Vontade gritante de mudar algo...e muitas vezes não se sabe o que mudar. Mas esta pessoa até tem estilo, vontades, gostos não alcançáveis em sua vida atual. E são gostos e vontades que são similares aos que fazem parte de uma Essência (no caso a Vampírica), mas nem sempre é assim externamente, pois muitos reprimem algumas vontades pela família ou sociedade. Fato que pode até tornar perigoso, pois seu modo pode virar um estilo de loucura para com a sociedade e, consequentemente, para você mesmo.

Pôr isso os ritos e meditações são importantes, pois quando não há algo externo que lhe Acorde, os ritos psicodramáticos podem trazer a tona os picos de emoções para acender sua alma...para entrar pelo pórtico da Ressurreição da Alma.   As experiências compartilhadas de semelhantes ( e pode acreditar, quando se quer, você atrairá semelhantes que mutuamente se ajudarão, pois somos um Farol) e os ritos de ignição e iniciação não são uma regra, mas sim uma ferramenta.

O Despertar é uma escolha pessoal, pois há pessoas que não querem, e não digo somente no Vampirismo, mas em todas outras classes espirituais...porque será isso? Será que o mundo esta mesmo aprisionado ao estado de Senhores e escravos?

Como dito: é uma escolha pessoal!

Você quer Despertar...então mãos á obra! Pois nada se move sem uma ação. Ou se é escravo ou se é senhor.


Nenhum comentário: