quinta-feira, 19 de abril de 2012

Os Vampiros Rick e Louis




Rick e Louis eram grades amigos, Rick morava em uma cidade medieval (no seculo XIV), junto com seu amigo, que conheceu na infância, os dois adoravam brincar em terrenos abandonados da regiam, então chegou um dia que Louis avistou de longe um castelo e chamou seu amigo Rick para brincar la, Rick achou aquilo muito perigoso mais asseitou ir até la, os dois chegando no castelo, avistaram de longe uma velha sentada em uma cadeira de balanço dentro do castelo em que avia vários restos mortais por perto dela, Louis que se achava muito corajoso foi até a velha senhora misteriosa e perguntou a ela.



— Ei por que você esta ai sentada neste lugar horrível?
e a velha senhora apenas olhou para os garotos e começou a gritar tão auto que corvos que existiam  na quele local começaram a voar em sentido horário em volta da velha, então a velha começara a se transformar em um tipo abominável de criatura com olhos vermelhos um corpo muito magro e com uma boca rasgada até altura dos olhos, era um Vampiro, os garotos muito assustados começaram a corem em direção da saída do castelo mas o monstro que os perseguia era muito mais rápido que eles e chegou a saída antes dos garotos, quando de repente do meio do chão inexplicavelmente  saio uma forma muito mais apavorante, era um Demônio, vindo direto do inferno despertado pela transformação que acabara de ter acontecida, o Vampiro começou a lutar com o demônio e aproveitando a luta os garotos tentaram fugir da quele local maldito, só que no meio da luta o vampiro conseguiu mordeu Louis que sem querer esbarou em Rick e o veneno atingiu Rick também, enfim os dois conseguiram fugir de la e salvar suas vidas, mas ainda estavam com o veneno e a transformação era inevitável.
    Ao passar dos anos os dois só bebiam sangue de animais mas eles já estão tentados à beber sangue humano e não podiam ficar morando mais na quela cidade então se mudaram para floresta, os dois casavam muito pois sua sede era insaciável, descobriram em um tipo de planta um liquido que prometia tirar aquela maldição deles então um demônio que passava por la procurando uma alma perdida escutou o que eles conversavam e retornou ao castelo maldito e contou o que havia ouvido na floresta para o Demônio que havia lutado com aquele que se passava por velha, como ele não tinha matado o Vampiro ele queria a cura para conseguir transformar o Vampiro em humano e mata-lo, ordenou ao seu servo que seguisse os dois vampiros e os captura-se , o Demônio como tinha sido ordenado capturou, e um deles possuiu o um deles o demônio acorrentou Louis no castelo e Rick consegui sair daquele lugar
Acorrentado no calabouço e completamente cercado de Demônios, o vampiro Louis estava quase sem forças, pois o sol já estava para aparecer:
— Malditos Demônios! O que fizeram a o Louis? Vamos, respondam, corja de assassinos do inferno!
Mesmo sabendo que não tinha forças para lutar, seus olhos estavam sedentos por sangue.
Louis não estava preso como Rick imaginava. Rick estava fora do castelo, escalando aquelas pedras úmidas ao encalço de seu amigo. Uma das pedras se abriu e de dentro do buraco apareceram cinco demônios...
Louis era acostumado a ser frio e sempre esperava o inesperado...
O Vampiro, com uma pedra em punho, joga em um pedaço de madeira que havia em cima dos demônios, derrubando três deles
Louis ouviu os tiros e chamou a atenção de um dos demônios:
— Preciso dizer algo a você!
O demônio não teve escolha, e quando chegou perto para ouvir a confissão de como faz o antidoto, o Vampiro atacou seu pescoço, tornando-se vítima de sua mordida.
O demônio gritou até cair, inerte, ao chão!
O outro que estava na porta veio ao seu socorro mas foi surpreendido pelo seu próprio companheiro que enfiou uma lança em seu peito.
— Vamos, lacaio, liberte-me! — disse Louis ao demônio enfeitiçado pela mordida.
Rick estava lutando com dois dos demônios, tomando um enorme cuidado para não cair nas estacas que estavam embaixo do castelo:
— Venham, criaturas abomináveis! Voltem para o inferno!
Uma das criaturas cai em direção às estacas. Louis sente o impacto imaginando ser o próximo.
— Venha, Louis, dê me sua mão.
Era o Demônio que aparecera de onde os demônios haviam aparecido:
— Vamos Louis, meu amigo!
— Claro, amigo, mas estique mais sua mão.
Quando Rick fez o que ele pediu, Louis atirou uma estaca sem piedade em direção a Rick, fazendo com que Rick perdesse o equilíbrio e fosse ao encontro das estacas, transformando-se em um demônio, que estava disfarçado!
Era o demônio... ele estava possuindo o Rick. Louis, com um sorriso por ter matado o demônio, e também triste por ter matado o seu amigo de infância, começou a subir em direção a saída.
Enfim, tudo havia terminado.

2 comentários:

Anônimo disse...

Caraca essa é sinistra, gostei do blog =)

Anônimo disse...

Historia legal